EDSON FREIRE. Poeta sedutor, suas palavras calam fundo....

Edson Freire. Poeta e escritor.

Textos

O velho, o rato e o espelho
  

      O velho  queria saber fielmente sua  idade. Então, procurou no  baú  sua certidão de nascimento.  Bem encima do registro da data,  um  rato havia  feito um grande  buraco.  Daí, o velho, perdida  a  data, ficou  furioso,  sem saber  sua  idade  ao  certo. Mexeu  mais  no  baú  e  encontrou  um  espelho.   Fitou  o  espelho.
      Implacável, o  espelho lhe  mostrou a avançada velhice.  Então,  ficou  com  mais  raiva do  espelho do que  com o  atrevido rato.
Edson Freire
Enviado por Edson Freire em 17/08/2009


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras