EDSON FREIRE. Poeta sedutor, suas palavras calam fundo....

Edson Freire. Poeta e escritor.

 Edson Freire, o poeta

Textos

No reinado de Momo

     Pela  avenida, saracoteando,
     lá vêm escolas no capricho estético,
     são alas várias, todas se mostrando,
     ante o  delírio do povão frenético.

     Gargantas tantas, alta voz soando,
     sob as batidas do tambor, sincrético,
     é o samba-enredo,com emoção contando
     alguma  estória com sabor  poético.

     Haja limites na excessiva  orgia,
     pois o  recato todo se  liberta,
     sob o  domínio da paixão assaz.

     E enquanto dura essa infernal folia,
     rebolam corpos, provocante oferta,
     quase despidos, seja frente ou atrás.
Edson Freire
Enviado por Edson Freire em 26/02/2009


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras