EDSON FREIRE. Poeta sedutor, suas palavras calam fundo....

Edson Freire. Poeta e escritor.

Textos

Não sejamos escorpiões..
     Conta-se que um escorpião queria atravessar o  rio. Não  podia, porque  não  sabia  nadar.  Apareceu  um  sapo.  O  escorpião pediu  ajuda; o  sapo  podia  levá-lo sobre o  corpo.  O  sapo disse que não, porque  temia ser picado.  O  escorpião  insistiu, implorou, garantindo que não  faria  mal ao  sapo, ao contrário, ficaria  muito  grato. O  sapo cedeu, acreditando.  Lá foram os dois: o  sapo  nadando com o  escorpião nas  costas.  Chegando à  margem oposta, o sapo foi  surpreendido por  violenta  picada. Magoado e  espantado o sapo quis saber  porque  tamanha maldade. Ao que o escorpião respondeu: "Não pude  evitar, é a minha natureza."
       Muitas pessoas agem como  escorpiões. Quando  erram ou fazem  algum  mal, se  justificam, alegando: " é o  meu jeito, eu nasci assim,  eu não mudo..."   Ignoram razões  dos  outros, porque  só vale o que elas pensam e  querem.  Não  conseguem mudar ou  melhorar porque, segundo elas, a culpa é da imutável  natureza.
Edson Freire
Enviado por Edson Freire em 17/02/2009
Alterado em 17/02/2009


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras