EDSON FREIRE. Poeta sedutor, suas palavras calam fundo....

Edson Freire. Poeta e escritor.

Textos

SOBRE ÁGUAS...... ( Impressões de uma viagem)
              
       Mar  à  vista.
       Observo dois infinitos.  
       De perto,  tão separados,mas  que ao longe se tocam num abraço.
       Nuvens encima e espumas embaixo, tendo por fundo o  azul do céu e o azul do  mar.    Ventos agressivos e águas que reagem.     Após  os embates, a brancura da  espuma como um pedido de paz.  E a navegar,  noite adentro ou sol  defronte. Navegar, não entre quatro paredes, horas seguidas sobre um teclado.    Isto  não é  navegar.  Navegar  é  o que diz a  canção:  "Não sou eu quem me navega, quem me navega é o mar."
      Grande família, - tipos diversos de locais  dispersos,  na extensão da popa à proa.     Todos, como habitantes de uma mesma pátria. Todos se deslocando sobre a imensidade das águas.  Águas que  se abrem,  não  à  passagem do profeta,  mas, cedendo  à  possante  força  de  motores.
      Transatlântico, rumo ao sul, dentro das linhas  abrangidas por latitudes e longitudes, abaixo do Equador. Conteúdo cosmopolita de habi
tantes, cuja alegria ou euforia se agita na diversidade das cores, dos trajes, das  raças, das crenças,  dos  valores,  dos   rumores....
     E,  na   oportunidade,  um  convite  a   serviço  dos   amores!.

    
    


  




Edson Freire
Enviado por Edson Freire em 25/01/2010
Alterado em 17/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edson Freire. Poeta paulista.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras